As Últimas

02/22/2019

Show – Arnaldo Antunes mostra seu som poético neste sábado no Palácio

Neste sábado (23), no Palácio Popular da Cultura, às 21 horas acontece o show “RSTUVXZ”, do músico, poeta e ex Titãs, Arnaldo Antunes. De princípio pode […]
02/21/2019

Show – “Urbanos” com Alex Cavalheri e Rodrigo Teixeira nesta quinta no Genuíno

Músicos consagrados em Mato Grosso do Sul se reúnem nesta quinta-feira, no Genuíno (Rua Aporé, 97), Bairro Amambaí, no show de Alex Cavalheri e Rodrigo Teixeira […]
02/21/2019

Show – Maria Claudia e Marcos Mendes nesta quinta com “Vamos de Chico II”

Todos que gostam das músicas do cantor e compositor Chico Buarque, sem dúvida é uma opção imperdível nesta quinta-feira, a partir das 20h30, no Capim Guiné […]
02/20/2019

Artesanato – Artesãos da Praça dos Imigrantes com obras no IMPCG até sexta

Os artesãos sul-mato-grossenses sempre estão brigando para um maior reconhecimento e praticamente nesses anos todos mostram que apesar da pouca ajuda governamental, fazem um trabalho independente […]
02/19/2019

Crítica – Com produção impecável, show de rock conquista público no Estoril

É a mais pura verdade de o rock n’ roll no país, em muitas cidades esse gênero de uns tempos foi acuado por outros ritmos “temporários” […]
02/18/2019

Opinião – Valorizar o artista depois de morto é uma piada de muito mau gosto !

Mais um nome grandioso da cultura sul-mato-grossense se foi. Dino Rocha após passar vários dias internado em um hospital público, morreu no início da noite de […]
02/18/2019

Crítica – Banda põe rock à prova e faz um show impecável no Sesc Morada

“Não morre aquele que deixou na terra a melodia de seu cântico na música de seus versos”. Com essa frase da poetisa Cora Coralina pode-se dizer […]
02/16/2019

Show – Muito rock neste sábado com Velhas Virgens e O Bando do Velho Jack

Neste sábado, a partir das 22h30, no Clube Estoril, muito rock de qualidade com a sul-mato-grossense O Bando do Velho Jack e a paulistana “Velhas Virgens” […]
02/15/2019

Exposição – Manoel de Barros é tema de Ocupação Itaú Cultural em São Paulo

O nosso poeta Manoel de Barros (1916-2014) é tema da 43ª edição do programa Ocupação Itaú Cultural, na Avenida Paulista, 149 (Bela Vista), em São Paulo, […]
02/14/2019

Show- Douradense Dagata & Os Aluízios volta ao palco da Morada neste sábado

Os caras estão de volta no palco do Sesc Morada dos Baís no próximo sábado(16), a partir das 20 horas. A banda douradense Dagata & Os […]

Entrevistas

08/21/2017

Cândido da Fonseca: “O cinema é uma grande ferramenta educativa”

CÂNDIDO ALBERTO DA FONSECA – Nascido em Campo Grande, jornalista, cineasta e escritor. Formado em jornalismo pela Universidade Gama Filho do Rio de Janeiro, mestre em […]
08/03/2017

Wendryk Silva – “Se você quer resultado na rede social, seja profissional!”

WENDRYK SILVA – Campo-grandense, design gráfico e criador de conteúdo no Canal Ideias de Empreendedor, têm 25 anos e trabalha atualmente com marketing digital e social […]

Os caras estão de volta no palco do Sesc Morada dos Baís no próximo sábado(16), a partir das 20 horas. A banda douradense Dagata & Os Aluízios, considerada umas das grandes representantes do rock no Mato Grosso do Sul, esteve em novembro de 2017  onde lançou o álbum,  “A Rua dos Ipês”.O público gostou muito pois o trabalho deles procura manter viva o gênero maravilhoso que é o rock n’ roll.

A banda completa maioridade este ano: 18 anos de estrada e é formada por Fernando Dagata (voz/violão), Willian Grando (bateria), Alessandro Pacito ‘Tulli’ (guitarra), Cláudio Roos (baixo) e Paulo Caiano ‘Portuga’ (percussão). Dagata & Os Aluízios, O show no ano passado foi  intitulado “Tereréfonia”, nome do seu penúltimo CD, lançado em 2014, e tocaram também canções do primeiro CD. Um trabalho diferenciado e com a maioria das músicas autorais, mostrando o rock do interior do Mato Grosso do Sul que sempre esteve vivo.

O último trabalho, “A Rua dos Ipês”, os músicos fizeram a famosa “vaquinha” e muita gente ajudou a completar o dinheiro necessário para que pudessem finalmente finalizar o trabalho musical. No show que a banda fez na Morada, como eram duas horas de show, ela tocou alguns “covers”, mas com a cara da “Dagata e Os Aluízios”. “Olhos Coloridos”, de Durval Ferreira e imortalizada por Sandra de Sá; “Maracatu Atômico”, de Nelson Jacobina e Jorge Mautner; “O Calibre”, Paralamas do Sucesso; “Ilegal, Imoral ou Engorda”, de Roberto e Erasmo Carlos; “Vida Cigana”, do grande compositor sul-mato-grossense Geraldo Espíndola;  “Psycho Killer”, de Talking Heads e a bela canção do David Bowie, “The Man Who Sold The World”.

Os “meninos” da Dagata e os Aluízios mostraram que o rock do Mato Grosso do Sul está mais forte do que nunca e não apenas em Campo Grande. O interior é muito forte. Mas, no entanto, os artistas do MS necessitam mais de união. Digo isso, pois, no show de novembro de 2017 dos douradenses em Campo Grande, apenas dois músicos da Capital estiveram presentes: Alex Cavalheri (O Bando do Velho Jack) e o vocalista da Haiwanna, Hugo Carneiro que fez uma participação especial cantando com a banda a canção “Ainda é Cedo”, de Renato Russo. Esperamos que esse ano mude.

41 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *