Palestra – Arquiteto explica sobre Feng Shui nesta sexta-feira em Campo Grande

Projeto – City Tour Poético-Musical valoriza a cultura e a história da Capital
03/05/2018
Show – Banda Misbehavior mostra seu som neste sábado no Blues Bar
03/10/2018

Palestra – Arquiteto explica sobre Feng Shui nesta sexta-feira em Campo Grande

Palestrante estará sexta e sábado em Campo Grande

Um dos especialistas mais reconhecidos no Brasil, Carlos Solano, arquiteto e urbanista, autor de livros e artigos sobre Feng Shui, estará em Campo Grande, nos próximos dias 9 e 10 para ensinar leigos e profissionais de arquitetura e decoração de interiores como colocar em prática estes ensinamentos. Você sabia que a casa é considerada um espelho das situações que vivemos e que, na maioria das vezes, ela espelha as crises que vivemos. De acordo a milenária ciência o Feng Shui, nós dialogamos com o ambiente por meio dos cinco sentidos. Cores, formas e seus significados interagem constantemente com o nosso psiquismo. Uma forma de dar novo significado a casa é simplesmente mudando os móveis, objetos e quadros de lugar. Isso reestrutura o espaço, podendo dissolver situações cristalizadas do passado.

Há 27 anos trabalhando sob a ótica do Feng Shui, Solano chama a atenção para um fato que muitos ignoram: o Feng Shui é uma ciência e um dos oito ramos da medicina tradicional chinesa, que é muito inteligente, pois é preventiva. “Melhor se cuidar para não adoecer do que ter de tratar a doença, o que é muito mais complicado”, explica o arquiteto formado pela UFMG. Segundo ele, o ideal é evitar as situações que não nos favoreçam, mas nem sempre isso é possível, pelo desconhecimento ou pelo momento de vida.

Na palestra aberta ao público “Feng Shui e a Roda da Vida”, que será ministrada por Solano no espaço On Namastê, no próximo dia 09, o objetivo é inspirar o público com um novo olhar sobre os desafios e as possibilidades desta jornada que é a vida. No dia seguinte, o especialista ministra um minicurso para ensinar a avaliar o espaço em que vivemos com profundidade e a interagir com ele, reajustando, a partir daí, a rota da nossa vida. É uma excelente oportunidade de aprender a técnica com um dos nomes mais conhecidos e respeitados da área.

No próximo mês de junho, Carlos Solano vai levar sue conhecimento para Lisboa onde participará do 15º Seminário Nacional de Feng Shui, junto com o mestre chinês Lim Kar Beng, especialista em I Ching e Feng Shui, tema do encontro. A intensa programação conta com dia de estudos na Escola Nacional de Feng em Lisboa, avaliação prática da fantástica Quinta da Regaleira em Sintra e uma jornada de conhecimento por lugares especiais: Lisboa, Sintra, Tomar, Évora, Obidos, Fátima, Aljustrel, Cascais e pontos especiais no caminho como Cabo da Roca, Templo de Sintra. “Será mais um enriquecimento de vida”, diz Solano, sobre o Seminário. (Com Assessoria)

1 Comentário

  1. Além disso, reuniu-se com grupos de militância asiático-brasileiras com diferentes recortes, como o feminismo e a homossexualidade, que deram a ele novos personagens para participar do documentário. Bastidores do documentário dirigido por Hugo que trata da cultura nipo-brasileira. / Reprodução: Arquivo PessoalMariana Akemi, 21 anos, conheceu Hugo através deste projeto que ele está produzindo. Ela conta que retomar as memórias da cultura herdada dos avós foi resultado de uma ajuda mútua. Literatura, filmes e até heranças da família, ao dividirem todo esse conteúdo que consumiam eles aumentavam seus desejos por militar pela cultura japonesa. “Quando você encontra uma pessoa que está na mesma situação, que não se sente nem brasileiro, nem japonês 100%, eu acho que você acaba se encontrando com essa pessoa. É reconfortante você poder dividir essa experiência do que é ser nipo-brasileiro. ” Filha do dono de uma barraca de pastéis, Mariana conta que já sofreu preconceito em um dos finais de semana em que ajudava seus pais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *