Crítica – Show do O Teatro Mágico foi de fazer o coração sorrir de tanta emoção!

Evento – Lançamento da Festa Território Revival acontece nesta quinta-feira
10/23/2018
Show – Whisky de Segunda e Bêbados Habilidosos nesta sexta-feira no Blues Bar
10/26/2018

Crítica – Show do O Teatro Mágico foi de fazer o coração sorrir de tanta emoção!

Show inesquecível do O Teatro Mágico. Fotos (Antonio Mazeica)

O que falar do retorno do O Teatro Mágico aos palcos após dois anos de paralisação. Em setembro resolveram novamente pegar a estrada e Campo Grande estava no destino dessa trupe comandada pelo fantástico Fernando Anitelli.  No último domingo, no Palácio Popular da Cultura em Campo Grande, praticamente lotado, o pessoal de Osasco mostrou porque encantam tanto com esse trabalho que mistura poesia, a arte circense e a música. Um show para comemorar os 15 anos de luta diária para mostrar um trabalho diferenciado e encantador.

A trupe neste show resolveu mostrar o trabalho de todos os álbuns lançados na carreira, umas canções até desconhecidas pelo público fiel, mas a maioria cantada por todos. A criatividade e a comunicação com a plateia é também o diferenciado do O Teatro Mágico, que em momento algum deixa que o expectador tire os olhos do palco. Iluminação e produção perfeitas. A movimentação intensa de todos os componentes, misturando o que a de melhor: a arte pura e independente com trabalho autoral.

O show que para muitos iniciou com atraso, mas não, pois os promotores Jamelão e Pedro Silva haviam dito anteriormente a mudança de horário, já que muitos estavam confundindo com o horário de verão (que aliás mudou também). Mas, assim a trupe entrou e já tocando a canção “O sol e a peneira”, do álbum Grão de Corpo (2014), dando sequencia com “Da luta”, também do mesmo disco. Uma brincadeira foi feita, como é de costume com a entrada do palhaço “Toicinho” (Matheus Bonass) e o pai  Fernando, Sr. Odácio Anitelli com um ponto da transformação de “O Retorno de Jedi”. O público se encantou.

Mas o espetáculo correu com outras canções, “Cidadão Papelão” e “Abaçaiado”, ambas do álbum Segundo Ato. Vieram também “Zaluzejo”, do álbum “Entrada para Raros” e “Da Entrega”, do disco “A sociedade do espetáculo”.  Outras e outras canções que deixaram o público, maravilhado, como “Cinza”, “Tecido”, “Perdoando o Adeus”, “Fé Solúvel”, “Deixa-se”, “Nosso peque castelo”, “Pena”, “Amanhá será”, “Fim fake”, “Eu não sei” e “Camarada d’água” que levantou mais ainda o público. Mas houve momentos de mais pura ternura, quando Fernando chamou a cantora e bailarina performática, Nô Stopa para uma espécie de sarau no palco, voz e violão, maravilha de momento.

Após algumas piadas e um toque sutil político, principalmente o sorrido aberto, a trupe se despediu. Mas é claro que o público pediu bis, pois não tinham tocada uma das preferidas do público e o chamado “carro-chefe”do O Teatro Mágico. Retornaram e encerraram com “O anjo mais velho”, do belíssimo álbum “Entrada para os raros”, que tem uma das estrofes mais lindas de uma canção: “Só enquanto eu respirar\Vou me lembrar de você\Só enquanto eu respirar”. Outras canções faltaram, mas sem dúvida foi um show inesquecível.

Fernando Anitelli (voz e violão), Rafael dos Santos (bateria), Maria Fernanda (violino), Emerson Marciano (baixo), Zeca Loureiro (guitarra), Nô Stopa (voz e bailarina performática), Andrea Barvour (bailarina performática) e as irmãs gemes Nayara e Nathallia Dias (bailarinas performáticas), mostraram o  que é valorizar a arte em geral. Um show inesquecível que mais uma vez Jamelão e Pedro Silva Promoções acertaram e cheio. É necessário que o público campo-grandense valorize mais esses eventos que são de primeira qualidade, já que infelizmente muitos dão importância por uma apresentação de “stand up”, sem qualquer produção. A arte tem que ser completa e que faz o coração sorrir… O Teatro Mágico fez meu  corações sorrir!

2 Comentários

  1. Alex Fraga disse:

    Excelente !

  2. Nando Dutra disse:

    Foi simplesmente lindo, só pude sentir energia igual quando conheci o mar pela primeira vez!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *