Show – Capital Inicial, O Bando do Velho Jack e Jonavo neste sábado no Estoril

Crítica – Ouvir Whisky de Segunda é ficar extasiado com tanta beleza musical!
11/14/2018
Show – Duo AnaVitória canta no dia 9 de dezembro no ginásio Dom Bosco
11/16/2018

Show – Capital Inicial, O Bando do Velho Jack e Jonavo neste sábado no Estoril

Uma excelente opção de show neste sábado em Campo Grande é da apresentação da banda Capital Inicial que será realizado no Clube Estoril em um espaço coberto, climatizado e com uma bela acústica. Mas quem for também poderá assistir antes dois belos shows: Jonavo, um dos grandes nomes do folk music do Mato Grosso do Sul, e nada menos do que O Bando do Velho Jack, considerada hoje a melhor referência do rock do Estado.

No intervalo dos shows haverá o som do DJ Gaijim, que sem dúvida não deixará ninguém parado. O campo-grandense tem que colocar na cabeça que não é todo dia que pode participar uma produção nacional por um preço bem acessível. Três belos shows que sem dúvida deverão levar a loucura a todos que comparecerem neste sábado no Clube Estoril.

Os ingressos poderão ser obtidos via online pelo site www.abappaiproducoes.com.br ou ingresso físico na 1/4 Colchões que fica na Av.Afonso Pena , 3835 , do lado da Cerv Já .Preços: Pista – R$ 75,00 ingresso solidário (+ 1 litro de leite ) – Vip – R$ 90,00 meia / 180,00 inteira; mesa – R$ 2.500,00 (mesa inteira) ESGOTADA* Mesa compartilhada – R$ 220,00 por assento individual. * as mesas tem um combo de 12 energéticos TNT e 1 litro de uísque red label ou 1 litro vodka. O interessado poderá comprar seu ingresso em até 2x no cartão para compras acima de R$ 150,00. Ponto de venda físico é na 1/4 Colchões , av Afonso Pena 3835.

A Capital Inicial é uma banda que foi formada em Brasília em 1982, depois que o grupo Aborto encerrou as atividades, dando início também à banda Legião Urbana. A banda é composta pelo vocalista Dinho Ouro Preto, o baixista Flávio Lemos, seu irmão e baterista FêLemos, o guitarrista Yves Passarelli e pelos músicos de apoio Robledo Silva (teclado e violões) e Fabian Carelli (guitarra e violão).

O primeiro LPCapital Iniciall, já pela Polygram, foi lançado em 1986 e recebeu ótimas críticas. “Um rock limpo, vigoroso, dançante e sobretudo competente, a quilômetros de distância da mesmice que assaltou a música pop brasileira nos últimos tempos”, assim o jornalista Mário Nery abre a crítica ao disco na Folha de S.Paulo. O álbum trazia faixas como “Música Urbana”, “Psicopata”, “Fátima”, “Veraneio Vascaína”, “Leve Desespero” entre outras. Em 1987, contando com o tecladista Bozzo Barretti em sua formação, o Capital Inicial lança seu segundo disco, Independência, emplacando “Prova”, “Independência” e a regravação de “Descendo o Rio Nilo”.

Nesse ano, é convidado para abrir os shows da turnê do cantor inglês Sting emm São (estacionamento do Anhembi), Rio de Janeiro no Maracanã, Belo Horizonte no Estádio Independência, Brasília no Estádio Mané Garrincha e Porto Alegre no Estádio Olímpico Monumental. Você não Precisa Entender chega as lojas de todo o país em 1988, com “A Portas Fechadas”, “Pedra Na Mão” e “Fogo”. O ano de 1989 marca o lançamento do álbum Todos os Lados, com as faixas “Todos os Lados”, “Mickey Mouse em Moscou” e “Belos e Malditos”. Em 1990 participam do festival Hollywood Rock, realizado em São Paulo e no Rio de Janeiro. O álbum Eletricidade, lançado em 1991, marca o início de mudanças no Capital Inicial, começando pela gravadora. O álbum, lançado pela BMG, trazia uma versão para “The Passenger”, de Iggy Pop, batizada de “O Passageiro”, e composições como “Cai a Noite”, “Kamikaze” e “Todas as Noites”. Neste mesmo ano, participam da segunda edição do festival Rock in Rio. O clipe “O Passageiro”, foi todo gravado utilizando uma câmera PXL-2000 que armazenava imagens em preto e branco em uma fita cassete de áudio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *